Vale a pena vender no Mercado Livre? Saiba como começar a anunciar

como vender no mercado livre

O rápido ritmo de desenvolvimento do mundo digital tem um impacto positivo em várias esferas. O comércio eletrônico é uma das áreas que mais beneficia das tecnologias inovadoras. Agora os vendedores podem ir multicanal que ajuda a não se vincular à vizinhança e produtos de mercado para milhões de compradores. Ainda mais após a situação de pandemia se tornou ainda mais vantajoso se associar a uma marca forte para anunciar os produtos. Mas para começar a lucrar com o e-commerce é preciso saber como anunciar no Mercado Livre. 

Expandir negócios para países vizinhos é o pensamento que entra na mente de muitos vendedores, mas possíveis problemas impedi-los de persegui-lo. Se você está pensando sobre o comércio transfronteiriço na região de LATAM, Mercado Livre é o que você deve considerar usar. É um mercado gigante e o site de comércio eletrônico número um na América Latina.

Nós criamos este guia em profundidade para ajudá-lo a se tornar um vendedor de Mercado Livre sem qualquer problema. Você vai descobrir os aspectos mais significativos de se registrar nos mercados e começar a vender produtos lá.

Como abrir uma conta

O que é o Mercado Livre e por que os vendedores de todo o mundo consideram este mercado um recurso valioso para a expansão do negócio multicanal? Para responder a esta pergunta, vamos dar uma olhada mais de perto e algumas estatísticas interessantes.

como anunciar no mercado livre

O que é o Mercado Livre?

O Mercado Livre é um mercado de renome mundial e é a maior plataforma de comércio eletrônico da América Latina. A plataforma opera em 19 países da região de LATAM, incluindo México, Argentina, Brasil, Colômbia e Chile. O Mercado Livre é muito mais do que apenas um mercado, pois também fornece aos clientes uma variedade de pagamentos, publicidade e soluções de E-building.

Se você tem dúvidas sobre se o Mercado Livre vale a pena investir seu tempo e esforços, dê uma olhada nestas estatísticas:

Mercado Livre é o sétimo site de varejo mais visitado do mundo.

O Mercado Livre opera em países que são os mais interessantes para os vendedores on-line. A lista completa inclui Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, República Dominicana, México, Equador, Guatemala, Honduras, Peru, Panamá, Uruguai e Venezuela.

A partir do primeiro trimestre de 2019, havia mais de 200,60 milhões de listas de produtos ativos no Mercado Livre. Durante o mesmo trimestre deste ano, 4,20 milhões de vendedores fizeram pelo menos uma venda.

O primeiro trimestre de 2019 foi comercializado por 18,80 milhões de compradores que fizeram pelo menos uma compra no mercado, o que representa um aumento de 11% ao longo do ano.

Durante o mesmo período, O mercado ajudou seus vendedores a vender 82,80 milhões de itens.

O Mercado Livre é popular em muitos países da América Latina, com a grande maioria das vendas vindo de quatro deles. No início deste ano, 56% das vendas foram feitas no Brasil, 30% na Argentina, 5% no México, 3% na Venezuela e 4% em outros países suportados. O site é a loja de e-varejo mais popular da América Latina, com nomes como Amazon, B2W Digital, Alibaba e eBay ficando para trás.

Os números falam por si. Se você está procurando uma maneira eficiente de vender produtos na região de LATAM, não há melhor ferramenta para isso além do Mercado Livre. O mercado é uma grande escolha para comerciantes locais e estrangeiros que querem expandir seus negócios de comércio eletrônico para novos mercados.

O que se pode vender na plataforma?

O Mercado Livre é um grande mercado que permite que os vendedores comercializem quase todos os tipos de produtos. Existem 20 categorias principais e 123 categorias menores do site/aplicativo.

Quando falamos de vendedores estrangeiros, a situação é um pouco diferente. Todos os países que apoiam o programa de comércio transfronteiriço têm regulamentos diferentes em relação a produtos que podem e não podem ser importados. O servilo fornece a lista completa de produtos que são restritos de serem importados no Brasil, México, Argentina, Chile e Colômbia. Para aqueles que estão interessados nestes mercados específicos, é melhor estudá-lo antes de tomar quaisquer decisões.

Como vender no Mercado Livre

Abrir uma loja num novo mercado pode parecer uma tarefa complexa. É por isso que dividimos todo o processo em passos fáceis de seguir que irão levá-lo ao e-commerce em pouco tempo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *